Notícias

Prefeitura mobiliza equipes para os serviços de manutenção nas escolas

Secretarias: Educação
Data de Publicação: 24 de janeiro de 2023
Crédito da Matéria: Assessoria de Comunicação
Fotos: Assessoria de Comunicação


prefeitura-mobiliza-equipes-para-os-servicos-de-manutencao-nas-escolas

De olho no início do ano letivo da rede municipal de ensino, previsto para o dia 13 de fevereiro, a Prefeitura de Mogi Mirim, por meio da Secretaria de Educação, está realizando um intenso trabalho de manutenção nos 13 Cempis (Centro Educacional Municipal de Primeira Infância) e nas 23 Emebs (Escola Municipal de Educação Básica). O serviço consiste em roçagem, varrição, pintura, manutenção estrutural e reparos elétricos e hidráulicos.

Dos 36 prédios escolares da rede municipal, cinco deles já foram entregues reformados no ano passado. Para este ano, o trabalho de manutenção nas demais unidades começou no dia 2 de janeiro e, desde então, vem sendo realizado diariamente, inclusive, aos finais de semana. Segundo Cristiano Gaioto, gerente de manutenção da Secretaria de Educação, a expectativa é de que, até o dia 13 de fevereiro, todas as escolas estejam com os reparos e os serviços de limpeza finalizados.

“Estamos trabalhando para que nenhuma escola tenha problema estrutural, elétrico e hidráulico no retorno das aulas. Por isso, nosso foco no momento é fazer esses reparos na rede elétrica, trocar lâmpadas, colocar torneiras, instalar ventiladores, arrumar calçamento, trocar piso quebrado ou mesmo colocar onde não tinha, e revestir refeitório. O serviço é extensivo para as quadras também”, destacou Gaioto.

No trabalho de manutenção, o planejamento prevê a pintura de todos os prédios escolares. Gaioto acredita que, até o início das aulas, no dia 13 de fevereiro, o serviço esteja concluído em pelo menos 18 unidades. Nas demais, a Secretaria de Educação pretende finalizar a pintura até o dia 31 de março. “A pintura não é somente nas paredes. Bancos e quadras também estão recebendo o serviço”, acrescentou.

Embora já tenham sido feitas em algumas escolas, a varrição e a roçagem serão novamente executadas nos 10 dias que antecederem o retorno às aulas. “Vamos fazer um mutirão para deixar os prédios limpos.  Tivemos que fazer o serviço em algumas unidades agora em janeiro, porque o mato estava muito alto. Mesmo sem aluno, foi uma questão de higiene por conta da população vizinha”, atentou.

Na corrida contra o tempo, a Secretaria de Educação tem mobilizado diariamente uma equipe de quase 30 pessoas, incluindo servidores próprios e funcionários do Cemmil. Isso permite realizar a manutenção em três a quatro escolas simultaneamente.

 


IMG_1956.JPG
IMG_1959.JPG
IMG_1962.JPG
IMG_1966.JPG
IMG_1974.JPG
IMG_1976.JPG